SOCESP
10 a 12 de junho de 2021

Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

Suspensão de B-bloqueadores e uso crônico de digoxina – Existe impacto na mortalidade em pacientes com insuficiência cardíaca descompensada e baixo débito cardíaco?

Alexandre de Matos Soeiro, Biselli B, Silva PGMB, Roque E, Leal TCAT, Cesar MC, Soares PR, Lopes R, Oliveira Jr MT
INSTITUTO DO CORAÇÃO DO HCFMUSP - - SP - BRASIL

Introdução: A suspensão de B-bloqueadores e o uso de digoxina em pacientes com insuficiência cardíaca (IC) é motivo de controversa. Dados recentes de literatura têm sugerido que ambos podem influenciar o prognóstico dos pacientes. Métodos: Estudo retrospectivo, multicêntrico e observacional com o objetivo de avaliar a relação entre suspensão de B-bloqueador e uso crônico de digoxina versus mortalidade em pacientes com insuficiência cardíaca e baixo débito cardíaco. Foram incluídos 909 pacientes e avaliados entre os anos de 2015 e 2019. Análise estatística: A avaliação de acordo com a ocorrência ou não de morte intrahospitalar foi realizada através de Q-quadrado (significativo p < 0,05).Resultados: A mediana de idade foi de 64,15 anos com 60% de pessoas do sexo masculino. Cerca de 33% dos pacientes morreram durante a internação. A fração de ejeção média do ventrículo esquerdo foi de 29,5% Foram encontradas diferenças entre os pacientes que morreram ou não em relação à suspensão total do B-bloqueador (66,7% vs. 59,4%, p = 0,043) e também relacionado ao uso crônico da digoxina (17,4% vs. 10,1%, p = 0,004). Conclusão:Tanto a suspensão do B-bloqueador quanto o uso crônico de digoxina, mostraram correlação significativa com mortalidade na população brasileira com IC descompensada e baixo débito cardíaco.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

41º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

10 à 12 de junho de 2021