SOCESP
10 a 12 de junho de 2021

Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

DERRAME PLEURAL VOLUMOSO CAUSANDO TAMPONAMENTO CARDÍACO – RELATO DE CASO.

TAVARES, A. C. M. , AQUINO, G. M., ARAÚJO, F. F., KLAUTAU NETO, P. B. R., DIAS, L. R., GRION, J. M., SILVA, T. M. B., MADURO, Y. G., HORTEGAL, R. A., ABENSUR, H.
HOSPITAL BENEFICÊNCIA PORTUGUESA - - SP - BRASIL

Introdução: O tamponamento cardíaco é uma complicação incomum de compressão cardíaca extrínseca. Raros casos de derrame pleural volumoso podem cursar com sinais e sintomas similares de tamponamento pela transmissão do aumento da pressão intrapleural ao coração resultando em falha no enchimento cardíaco e redução do volume sistólico, geralmente, desproporcional ao tamanho do derrame pericárdico. 

Relato de caso: Feminino, 68 anos, com antecedente de hipertensão arterial, dislipidemia e em pós-operatório tardio de implante de prótese biológica em posição aórtica e revascularização miocárdica por estenose aórtica grave e síndrome coronariana aguda com supra ST (DII, DIII e AvF) em Jan/2021. Evoluiu com quadro súbito de dispneia sendo internada para investigação em Abril/2021. A radiografia e tomografia de tórax comprovaram a presença de volumoso derrame pleural promovendo desvio das estruturas do mediastino e de derrame pericárdico discreto. O ecocardiograma transtorácico (ECOTT) foi realizado para complementar avaliação cujo resultado foi de comprometimento sistólico do VE de grau discreto (Simpson: 48% - VR: > 54%), com áreas de acinesia na parede basal inferior e hipocinesia ínfero-septal e ínfero-lateral, prótese biológica aórtica normofuncionante, além da presença de derrame pericárdio discreto e derrame pleural importante causando compressão externa de câmaras cardíacas visualizada pelo colapso diastólico do VD no modo Bidimensional e pela variação respiratória da velocidade da onda E do fluxo através da valva tricúspide. Após os achados ecocardiográficos, a torcacocentese de alívio foi realizada com retirada de 1.300 ml de líquido pleural (critérios exsudativos) e com melhora clínica significativa a posteriori. Novo ECOTT foi realizado com evidência de normalização dos parâmetros hemodinâmicos. 

Conclusão: Visto ser um fenômeno raro e pouco reconhecido, o tamponamento cardíaco por compressão extrínseca representa um desafio diagnóstico, o que faz o caso ser clinicamente relevante a fim de evitar pericardiocenteses inadvertidas e abrir opções para diagnósticos diferenciais. 

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

41º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

10 à 12 de junho de 2021