SOCESP
10 a 12 de junho de 2021

Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

Intervenções de Enfermagem em Pacientes Pediátricos com Oxigenação por Membrana Extracorpórea

Amanda Sayuri Miyamae, Evelise Helena Reis Fadini Brunori, Sérgio Henrique Simonetti
INSTITUTO DANTE PAZZANESE DE CARDIOLOGIA - - SP - BRASIL

Introdução: A Oxigenação por Membrana Extracorpórea (ECMO) garante a perfusão tecidual de todos os órgãos enquanto ocorre a recuperação dos órgãos afetados que são responsáveis por esta função. De acordo com o COREN–SP nº033/2011, a assistência direta a pacientes com ECMO é privativa do enfermeiro, tornando-o responsável em promover uma assistência sistematizada e, com cuidados específicos. Objetivou este estudo analisar as intervenções de enfermagem em pacientes pediátricos que utilizaram oxigenação por membrana extracorpórea no pós-operatório de Cirurgia Cardíaca. Método: Trata-se de um estudo observacional, prospectivo de abordagem quantitativa. Foram participantes 100% das crianças e adolescentes que utilizaram ECMO no período de 2013 a 2020. Os dados elencados sobre as principais intervenções de enfermagem foram extraídas dos prontuários no período imediato do pós-operatório. Para comparação entre grupos quantitativos foram utilizados o teste de Mann-Whitney e nas categóricas o teste exato de Fisher. Estudo aprovado sob protocolo nº4.012.578. Resultado: Do total de 48 pacientes pediátricos predominou-se sexo masculino (68,8%), lactentes (66,7%), etnia branca (83,3%). Das 82 intervenções de enfermagem específicas relacionadas com o diagnóstico de enfermagem existentes foram identificados; registrar quantidade de sangramentos em drenos (83.3%%), verificar pressão arterial, frequência cardíaca, temperatura e saturação a cada 2 horas (89,5%), observar e comunicar ao enfermeiro sinais de piora do estado respiratório (91,6%), realizar higiene oral em pacientes em ventilação mecânica (100%) e realizar/estimular mudança de decúbito a cada duas horas (77%). Conclusão: As principais intervenções de enfermagem, para os pacientes pediátricos pós-cirurgia cardíaca em uso de ECMO identificados nesse estudo foram: monitorização multiparamétrica, higiene oral em pacientes em ventilação mecânica, cuidados para prevenção e/ou controle do sangramento, mudança de decúbito e observação de mudança clínica do paciente.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

41º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

10 à 12 de junho de 2021