SOCESP
10 a 12 de junho de 2021

Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

Comunicação interventricular após infarto anterior extenso associado a exuberante ponte miocárdica: causalidade ou coincidência?

Galhardo, A, Eduardo Castilho de Albuquerque, TEIXEIRA, PS, SÁ, P.P.M.D., MARCHI DCD, PINHEIRO, AHB, CERQUEIRA, MF, NETO LLP, OLIVEIRA MDP, CAIXETA, AM
UNIFESP - Univers. Federal de São Paulo - São Paulo - SP - Brasil

Introdução: O infarto agudo do miocárdio (IAM) pode acarretar complicações mecânicas graves como a comunicação interventricular (CIV) e subsequente choque cardiogênico. Apresenta-se nas primeiras 24 horas após a fibrinólise e, a ausência de terapia de reperfusão, a CIV ocorre entre 3 e o 5° dias após o IAM. A etiologia é normalmente de causa aterotrombótica. Ponte miocárdica (PM) como causa de CIV durante o IAM é raramente descrita.

Métodos e resultados: Mulher, 70 anos, obesa, hipertensa, admitida em serviço externo por IAMCSST ântero-lateral, submetida a fibrinólise exitosa com Tenecteplase (tempo dor-agulha: 11 horas). Devido a status de choque cardiogênico, fez-se necessário suporte com vasopressor e inotrópico em doses elevadas, além de contrapulsação intra-aórtica. O Ecocardiograma evidenciou acinesia apical, disfunção ventricular direita moderada e CIV médio-apical (Figura 1A). A cinecoronariografia revelou exuberante e segmentar PM a nível do segmento médio da artéria descendente anterior (ADA), com defeito de enchimento superposto e oclusão trombótica/embolização a seu nível bem distal (Figura 1B). Vinte e seis horas após, a CIV foi resolvida por meio de implante percutâneo de dispositivo oclusor Amplatzer® VSD (Figura 1C). Imediatamente após, a paciente degenerou a episódio de parada cardio-respiratória prolongada, com retorno da circulação espontânea após 20 minutos. Não obstante todo o suporte supracitado, evoluiu a óbito 6 horas após.

Conclusão: Embora tradicionalmente considerada uma entidade benigna, a PM pode, em raros casos, ser estar diretamente associada a quadro de IAMCSST e CIV.

Palavras- chaves: Ponte miocárdica; Comunicação interventricular; Infarto agudo do miocárdio.

Figura 1: A - Ultrassonografia cardíaca direta evidenciando presença de CIV muscular em segmento médio-apical do septo interventricular com fluxo esquerda-direita. B – Coronariografia com ADA ao centro e ponte miocárdica (seta). C – Flouroscopia cardíaca destacando a presença de dispositivo oclusor Amplatzer® VSD em CIV (seta).

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

41º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

10 à 12 de junho de 2021