SOCESP
10 a 12 de junho de 2021

Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

DIMENSÃO FRACTAL NA AVALIAÇÃO DA MATRIZ EXTRACELULAR CARDÍACA DE RATOS SUBMETIDOS À QUIMIOTERAPIA E L-ARGININA

Ester Teixeira Santos, Talita Rizo Pereira, Luis Souza Lima de Souza Reis, Bruna Corrêa Goulart, Pedro Enrico Martin de Oliveira, Maria Eduarda de Sousa, Igor Fernandes Francisco, Francis Lopes Pacagnelli
Universidade do Oeste Paulista - Presidente Prudente - Sao Paulo - Brasil

O fluoracil 5 (5-FU) é um quimioterápico antimetabólito muito utilizado no tratamento de cânceres de mama, cabeça, pescoço e esôfago, que está relacionado a cardiotoxidade por promover isquemia e essa alteração pode ocasionar remodelação da matriz extracelular. A arginina por atuar promovendo vasodilatação pode ser cardioprotetora nessa condição. Para avaliação cardíaca tem sido empregada a dimensão fractal por ser um método que avalia de forma quantitativa as alterações teciduais. O objetivo do estudo foi avaliar a matriz extracelular cardíaca de ratos submetidos ao 5-FU suplementados com L-Arginina por meio da dimensão fractal. Métodos: Foram utilizados 60 ratos machos da linhagem Wistar divididos em 4 grupos: controle (n=12): tratados com uma aplicação soro fisiológico intraperitoneal, grupo 5-FU (n=12): tratados com 1 dose de 200 mg, intraperitoneal; grupo ARG (n=12) tratados preventivamente com L-arginina (100 mg) em água filtrada por 8 dias e grupo 5-FU + L-arginina 5-FU+ARG (n=12), tratados por 8 dias com L-arginina em água filtrada e no 9º dia aplicado o 5-FU (1 dose de 200 mg). Após 72 horas da aplicação do quimioterápico foi realizada a eutanásia e o ventrículo esquerdo foi corado por Picrosírius red para quantificação do colágeno e avaliação da dimensão fractal pelo método box- counting e software Image J. A comparação entre os grupos foi por Anova seguido de Tukey (p<0,05). Resultados: Houve aumento na quantidade de fibras colágenas no grupo ARG em comparação com grupo CT (CT=1,22±1,27%; ARG=3,19±1,91%; p=0,0009). Foi evidenciada menor dimensão fractal de fibras colágenas no grupo FU+ARG quando comparado ao controle (CT=1,22±1,27; FU+ARG=2,60±2,49; p=0,012;).Conclusão: A suplementação com L-arginina ocasionou fibrose cardíacae a dimensão fractal mostrou maior organização da matriz extracelular do ventrículo esquerdo dos ratos submetidos ao 5-FU e suplementados com L-arginina.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

41º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

10 à 12 de junho de 2021