SOCESP
10 a 12 de junho de 2021

Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

COMPARAÇÃO DE VARIÁVEIS FISIOLÓGICAS ANTES E APÓS MANOBRAS DE COMPRESSÃO TORÁCICA EM DOIS DISPOSITIVOS: RESULTADOS PRELIMINARES DE UM ESTUDO UNI-CEGO RANDOMIZADO

Malta AF, Cardoso CDT, Cardoso DM, Peres P
Universidade Nove de Julho - São Paulo - SP - Brasil

INTRODUÇÃO

O atendimento para a parada cardiorrespiratória não está restrito apenas para hospitais, mas foi se abrangendo para pessoas leigas e profissionais da área da saúde que atuam no meio externo e salva vidas. Sabemos que é necessário que haja eficácia e eficiência no atendimento com o suporte básico de vida e os primeiros socorros, para reduzir o óbito.

OBJETIVOS

Analisar a percepção de esforço antes e após procedimento de massagem cardíaca em dois dispositivos diferentes.

MATERIAL E MÉTODOS

Um ensaio-clínico uni-cego (investigador), randomizado foi realizado para comparar o esforço dispendido para a massagem cardíaca em dois dispositivos, um protótipo construído a base de pneu e em um boneco RessuciAnne – Laerdal®. A avaliação foi por meio da comparação da variação das frequências cardíacas, respiratórias e percepção de esforço (Borg), em 21 indivíduos de ambos os sexos (17 femininos). Os indivíduos já com prática no procedimento, realizaram dois minutos de massagem cardíaca nos dois dispositivos, sorteados aleatoriamente. As variáveis foram registradas antes e após cada procedimento no mesmo dia, guardando-se o tempo de repouso entre eles para se reestabelecer as situações de repouso. Uma análise, no programa SPSS20.0 inicial foi realizada para apresentação dos dados de maneira descritiva. O Teste T pareado foi utilizado para comparação dos valores obtidos das variáveis paramétricas. O valor de p≤0,05 foi utilizado para expressar os níveis de significância

RESULTADOS PRELIMINARES

Os resultados sugerem que, apesar da diferença da percepção de esforço (Borg – p=0,03) após o procedimento entre o boneco e o protótipo, as demais variáveis não apresentaram diferença estatisticamente significante (Tabela 1). Pode-se observar que houve correlação importante positiva e significante da FC2 com a Borg2 no boneco e negativa entre a altura e o Borg2 no protótipo (Tabela 2).

CONCLUSÃO

 

Os dados sugerem uma diferença significante na percepção do esforço entre os dois dispositivos, com maior correlação com a FC e a altura. Um aumento no tamanho da amostra se mostra necessário para se obter maior clareza dos dados, visto que se observa um predomínio de indivíduos do sexo feminino o que pode ter ocasionado um desvio dos dados.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

41º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

10 à 12 de junho de 2021