SOCESP
10 a 12 de junho de 2021

Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

O programa de mudança do estilo de vida reduz o risco cardiovascular em indivíduos com Síndrome Metabólica: O papel regulador no eixo Homocisteína-Estado RedOX e variáveis hemodinâmicas

Palacio, TLN, Kano, HT, Mansano, BA, Sarzi, F, Moreto, F, Corrêa, CR, Francisqueti-Ferron, FV, Ferron, AJT, Burini, RC
FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU - - SP - BRASIL, PPG em Patologia UNESP - Botucatu - SP - Brasil

Introdução: A síndrome metabólica(SM) é um conjunto de fatores cardiometabólicos, aumentando o risco para doenças cardiovasculares. A Homocisteína(Hcy) é fator de risco independente para doenças cardiovasculares, tendo associação ao desbalanço do estado RedOx, pilares fisiopatológicos da SM. O programa de mudança do estilo de vida, com exercícios físicos combinados é recomendado como tratamento da SM. O objetivo foi verificar o efeito do programa de mudança do estilo de vida no risco cardiovascular, regulando o eixo Hcy-Estado RedOX e variáveis hemodinâmicas em indivíduos com SM. Metodologia: Foram avaliados 49 indivíduos com SM, diagnosticados de acordo com a presença de 3 ou mais componentes alterados: circunferência abdominal(CA)(♀>88cm; ♂>102cm), glicose de jejum(>100mg/dL), triglicerídeos(>150mg/dL), HDL-colesterol(♀<50mg/dL; ♂<40mg/dL), e pressão arterial sistólica(PAS)(>130mmHg) e/ou diastólico(PAD)(>85mmHg). 29 homens e 20 mulheres compuseram nosso n amostral, sendo avaliados em momento basal e após 10 semanas do programa de mudança do estilo de vida “Mexa-se Pró-Saúde”(2016-2019), conduzido pelo Centro de Metabolismo em Exercício e Nutrição-UNESP/Botucatu. O programa introduz a prática de exercícios físicos combinados, consistindo em exercício aeróbio[10min aquecimento + 30min a 70-80% do consumo máximo de oxigênio] mais 40min de musculação(3x12repetições; 70-80%-repetição máxima), concluindo com 10min de alongamento. Foram avaliados os indicadores do eixo Hcy e Estado RedOx. Foi realizado teste t pareado ou de Wilcoxon, com p<0,05. Resultados: Após 10 semanas, houve melhora de todos os componentes da SM(p<0,001). Foi observado o percentual de alteração para cada componente: CA(-2,12%), glicose de jejum(-5,63%), triglicerídeos(-17,56%), HDL-colesterol(10,81%), PAS(-6,21%) e PAD(-3,94%). No eixo Hcy-Estado RedOx, houve redução da Hcy(p<0,001) e aumento da metionina(p<0,001) e glutationa total(p<0,001). Além disso, houve melhora do estado RedOx com a redução da glutationa oxidada(p<0,001) e aumento da glutationa reduzida(p<0,001). Conclusão: O programa de mudança do estilo de vida é uma estratégia não farmacológica no tratamento da SM, devido a sua capacidade de regular o   eixo Hcy-Estado RedOx e variáveis hemodinâmicas reduzindo o risco cardiovascular.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

41º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

10 à 12 de junho de 2021