SOCESP
10 a 12 de junho de 2021

Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

Análise de óbitos domiciliares e hospitalares por causas cardiovasculares em São Paulo durante a pandemia de COVID-19

Gustavo Saad S. El Toghlobi, Carlos Gun , Larissa Ventura Ribeiro Bruscky, Arthur Vilar de Oliveira Malheiros, Aline Cristiane Cacure Salgueiro, Bruno Eduardo Menezes Costa, Rafaella Gonçalves Gonzales, Renata B. B. Tissot
Universidade Santo Amaro - São Paulo - São Paulo - Brasil

Introdução: Em 11 de março de 2020, o surto de COVID-19 foi declarado como uma pandemia pela OMS. O estado de São Paulo possui 2.618.067 casos confirmados e 81.750 óbitos até o dia 9 de abril de 2021. Uma das estratégias propostas pelo governo para o controle da pandemia foi a suspensão de diversos serviços hospitalares não urgentes a fim de mais leitos ficarem liberados para pacientes em estágio mais avançado recorrente da COVID-19. O impacto dessas medidas pode ser avaliado através do perfil epidemiológico de mortes dos estados e municípios brasileiros. No presente artigo, analisamos os óbitos domiciliares e hospitalares por causas cardiovasculares no decurso da pandemia de COVID-19 (2020 a 2021) no estado de São Paulo, comparando-os com os dados epidemiológicos do mesmo período de 2019. Método: Apresentamos um estudo descritivo e quantitativo dos registros em cartório dos óbitos domiciliares e hospitalares registrados no estado de São Paulo, Brasil. A coleta de dados foi realizada pelo Portal da Transparência Civil em 13 de abril de 2021 e realizou-se a seleção de óbitos por causas cardiovasculares do período de 1 janeiro a 13 de abril dos anos de 2019, 2020 e 2021. Resultados: Os óbitos domiciliares por causas cardiovasculares se elevaram em 38,9% comparando-se os mesmos períodos dos anos de 2019 e 2021. Realizando a mesma comparação cronológica, os falecimentos domiciliares por AVC subiram em 34,4% e as mortes por causas cardiovasculares inespecíficas, como morte súbita ou parada cardiorrespiratória, aumentaram em 171,9%. Conclusões: O artigo aqui apresentado estabelece um importante vínculo entre o aumento de mortes cardiovasculares em São Paulo, principalmente em domicílios, e a pandemia de COVID-19, sendo relevante para uma maior atenção e compreensão das precauções e cuidados necessários dentro desse cenário de pandemia que até hoje estamos vivenciando.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

41º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

10 à 12 de junho de 2021