SOCESP
10 a 12 de junho de 2021

Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

Impacto de um programa de reabilitação com eletroestimulação neuromuscular de corpo inteiro na composição corporal e na capacidade funcional em indivíduos obesos após a cirurgia bariátrica

Paula Angélica Ricci, Luciana Di Thommazo Luporini, Larissa Delgado André, Audrey Borghi Silva
Universidade Federal de São Carlos - São Carlos - SP - Brasil

Introdução: Indivíduos com obesidade apresentam alterações na composição corporal, que podem levar a prejuízos na capacidade de funcional. A cirurgia bariátrica é considerada um tratamento eficaz na redução da morbimortalidade. A reabilitação cardiopulmonar precoce após a cirurgia bariátrica pode trazer benefícios na capacidade de realizar exercícios e na redução da composição corporal. Contudo, devido às limitações causadas pelo procedimento cirúrgico, nem sempre os exercícios vigorosos podem ser realizados de forma precoce. A eletroestimulação neuromuscular de corpo inteiro (EENMC) associada à exercícios dinâmicos poderia potencializar os efeitos na composição corporal e na capacidade funcional. Métodos: Ensaio clínico randomizado duplo-cego e sham controlado. Trinta e quatro obesos (38±8 anos) foram submetidos à cirurgia Y-de-Roux e foram randomizados em dois grupos: EENMC (n=17) e Sham (n=17). A EENMC (Miha Bodytec) foi aplicada em nível motor [treino de endurance: 3x/sem; frequência= 85 Hz, duração de pulso = 350µs, ciclo on = 6’’; ciclo off = 4’’; treino de força: 2x/sem; frequência= 30 Hz, duração de pulso = 350µs, ciclo on = 4’’; ciclo off = 10’’] totalizando 30 sessões, associado a exercícios ativos de membros superiores e inferiores. O grupo Sham realizou os mesmos exercícios, e o mesmo número de sessões, porém, com a corrente elétrica desligada. No pós-operatório (6,7±3,7 dias), e após o treinamento, os indivíduos foram submetidos à avaliação da composição corporal (InBody 720), e teste de degrau de dois minutos (TD2), com registro dos parâmetros metabólicos e ventilatórios pelo sistema de ergoespirometria Oxycon Mobile®.Após análise da distribuição dos dados (Shapiro Wilk), foi realizado o teste anova two way com Tukey post hoc (p<0,05). Resultados: Após o treinamento, ambos os grupos apresentaram diminuição significativa do peso (p=0,002), do índice de massa corporal (p=<0,001) e da massa de gordura (p=0,001), sem diferença na massa magra, quando comparado ao pré intervenção. Além disso, ambos os grupos aumentaram o desempenho no TD2 (p=<0,001), V̇O2 (mL.min-1) (p=0,03), O2(mL.kg-1·min-1) (p=<0,001), V̇O2%pred (p=0,002) e CO2 (mL·min-1) (p=0,004), após a intervenção, sem diferença entre os grupos. Conclusões: Intervenções precoces compostas por exercícios físicos dinâmicos promovem benefícios na composição corporal e na capacidade funcional. A EENMC não potencializou os efeitos dos exercícios nas variáveis de composição corporal e de capacidade funcional, avaliados pelo TD2.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

41º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

10 à 12 de junho de 2021