SOCESP
10 a 12 de junho de 2021

Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

A suplementação com L-glutamina aumenta os níveis da HDL-c e a atividade antioxidante da HDL-c em idosos exercitados

Pires RS, Braga PGS, Amaral JB, Amirato GR, Trettel CS, Santos CAF, Maranhão RC, Barros MP, Bachi ALL
UNISA - São Paulo - SP - Brasil, Instituto do Coração - HCFMUSP - São Paulo - SP - Brasil, UNICSUL - São Paulo - SP - Brasil, UNIFESP - Univers. Federal de São Paulo - São Paulo - SP - Brasil

Introdução: O estresse oxidativo tem sido apontado como um dos fatores associados à formação de placas ateroscleróticas e doenças vasculares. Por isso, a ação antioxidante do HDL-c, mediada particularmente pela ação das enzimas paraxonase 1 (PON-1) e glutationa peroxidase (GPx) se mostra fundamental para o controle do estresse oxidativo. Segundo a literatura, embora a glutamina (Gln) seja um aminoácido intimamente envolvido com o ciclo redox da GPx, a sua participação na atividade de PON-1 é ainda desconhecida. Portanto, nosso objetivo foi avaliar a ação da suplementação com Gln na concentração da HDL-c e na atividade de GPx e PON-1 em idosos exercitados ou não. Métodos: 83 idosos, não praticantes (NP, n=32) e praticantes de um programa de exercícios físicos combinados (EFC, n=51), participaram deste estudo. Os voluntários de ambos os grupos foram separados em: grupos Gln (NP-Gln, n=16 e EFC-Gln, n=26) e grupos placebo (NP-PL, n=16 e EFC-PL, n=25). Amostras de sangue foram obtidas antes e após 30 dias da suplementação com Gln (0,3g/kg/dia + 10g de maltodextrina) ou placebo (10g de maltodextrina) para avaliação das concentrações séricas de HDL-c e das atividades da GPx e PON-1. Resultados: Aumento significativo dos níveis de HDL-c (Figura 1A, p<0,05) bem como da atividade de GPx (Figura 1B) foram observados pós-suplementação com Gln (NP-Gln e EFC-Gln) em relação aos valores basais (p<0,01 e p<0,0001, respectivamente). Além disso, o aumento da atividade de GPx pós-suplementação (Figura 1B) também foi significativamente maior em relação aos valores encontrados nos grupos suplementados com placebo no mesmo período (NP-PL, e EFC-PL, p<0,01). Interessantemente, maior atividade de PON-1 foi verificada no grupo EFC-Gln pós-suplementação do que os valores basais (Figura 1C, p<0,01). Conclusões: Embora a suplementação com Gln tenha sido efetiva na melhora dos níveis séricos de HDL-c e da atividade da GPx, pela primeira vez foi demonstrada sua capacidade de indução na atividade de PON-1, quando associada  com o exercício físico, o que pode ser atrelado a um melhor controle do estresse oxidativo e da saúde cardiovascular de idosos.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

41º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

10 à 12 de junho de 2021